quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Um Pouco de mim...


Texto tirado do meu diário do ano de 2005,era para ser o quem sou eu do orkut, mas achei muito confuso e acabei não postando, mesmo com a linguagem adolescente usada na escrita, eu consigo em identificar nos dias de hoje, exceto na ultima frase... hoje em dia meu conceito de felicidade mudou um pouco, devido as dificuldades da vida, hoje não sou tão feliz como eu era naquela época, mas aprendi a valorizar pequenos momentos felizes, que antes passavam despercebidos, hoje se tornaram fundamentais.
apenas copiei do meu diário virtual e colei, achei interessante não corrigir o texto.
Quem sou Eu?

Antes de me descrever , eu pensei bastante, cheguei até a ficar em dúvida, se eu for totalmente sincera minha descrição vai parecer confusa e até contraditória,pois sou tantas pessoas diferentes que teria que criar vários perfis pra conseguir me descrever por inteira.

Pra cada pessoa eu sou de um jeito,não que eu use mascara ou seja falsa, todas as minhas faces são reais, verdadeiras e intensas.

As vezes sou boba, acredito demais nas pessoas e me machuco quando percebo que não era nada daquilo, as vezes leio as pessoas como se fosse um jornal, então sei exatamente como devo agir com elas, fico tranqüila e segura.

Às vezes sou medrosa, gosto de ficar na minha conchinha pra ninguém me judiar, outras vezes sou tão forte que chego a assustar, pareço uma leoa defendendo as pessoas que amo, as minhas idéias e convicções.

Às vezes sou uma menina, gosto de ficar com minhas bonecas e ursinhos de pelúcia, eles me fazem bem.

Mas quase sempre tenho que ser adulta e cuidar de tudo e de todos( até quando não sou chamada)

Tem dias que sou tão bonita que pareço um anjinho, mas têm outros que consigo estar muito feia, às vezes me sinto sexy, outras vezes me sinto um E.T.

(não que eu considere os extraterrestres feios, pois tenho certeza que não são)

Pra muitos, eu sou uma idiota, pra outros eu sou uma líder,com uma palavra passo do ridículo ao admirável, não tenho necessidade de ser sempre o que os outros querem, não me obrigo ser sempre linda, nem sempre inteligente, nem sempre sensata,muito menos equilibrada, eu sou o que quiser ser, quantas pessoas me forem necessário ser,por que o que há de mais importante na vida e ser feliz e isso eu sou.

Um comentário:

maria disse...

voce é uma pessoa admirável e batalhadora, tenho certeza que alcançará seus sonhos, sou feliz por conhecer voce!!!!

Esther