segunda-feira, 25 de junho de 2012

Melhor Amiga

Todo munda fala sobre melhores amigas, alias o termo melhor amiga esta até um pouco banalizado, todo mundo chama todo mundo de melhor amigo.
Fui procurar na net o significado de MELHOR AMIGA e encontrei o seguinte...

"Melhor amiga é um termo utilizado entre as mulheres, para designar uma amiga que elas são mais apegadas, tem um carinho maior. A melhor amiga é, normalmente, aquela que se tem uma amizade há bastante tempo, que já passaram por diversas situações tanto boas, como ruins.
Melhor amiga é aquela pessoa que sempre se pode confiar, que independente da situação ou do momento, sabe-se que ela estará sempre disponível para ajudar, e o termo melhor amiga é utilizado desde crianças até mulheres adultas. Melhor amiga é aquela que possui um papel além de amiga, é uma espécie de irmã de coração, que convive com a família, sabe tudo da vida da amiga."
Pra mim, melhor amiga tem várias categorias, tem aquela que a gente considera irmã, tem outras que mais parece uma namorada, tem umas que a gente ama porque se espelha , queria ser igual a ela, nunca mais do que ela, tem outras que a gente ama porque ela quer ser como nós, nossa pupila, ensinamos todos os passos, as coisas boas e as ruins...
Melhor amiga para mim é aquela que a gente não quer dividir com os outros, a gente disputa até com o namorado. Ela pode ser chata, cheia de manias , de melhor amiga só a gente pode falar mal, ninguem mais.
Eu já tive todo o tipo de melhor amiga, muitas me fizeram sorrir , muitas me fizeram chorar, algumas foram verdadeiras irmãs , outras me fizeram desejar ter nascido garoto, mas só uma delas tinha e tem todo esse poder de bagunçar a minha cabeça, me faz odiá la e ama la quase ao mesmo tempo, me irrita com o seu jeito de bonequinha mimada e ao mesmo tempo me conquista ,e tem sido assim nos últimos 5 anos, já paquerei um ficante dela, já proibi ela de fazer amizade com os meus, já bloqueei no MSN , ja fui deletada do Facebook, nossa amizade parece uma história de amor, ou será que nosso amor parece uma amizade, bom isso eu não sei , e na verdade nem me interessa, sentimentos pra mim são sentimentos, amor pra mim é amor e pronto, não sou uma pessoa organizada nem meus sentimentos são, o amor não se explica não se define nem se limita, só sei que ela é importante pra mim, é minha melhor amiga, minha parceira, minha chata, minha patricinha mimada que jura que não é patricinha, minha abusada, nosssa tem dias que ela está insuportável , muito mais chata do que o normal, mas sei la porque, essa jujubinha de chocolate ao leite me conquistou de tal modo, que sei que o posto de melhor amiga já foi ocupado por ela , e esta guardado sob mira de metralhadoras de tão ciumenta que ela é. 
minha Pocahontas, minha princesa Disney, minha fadinha, meu anjinho sapeca, agora vai se achar muito mais ainda .... te amo Ri, é impossivel ter um blog falando de mim sem falar de você.
Essa é a moça......



domingo, 24 de junho de 2012

O feitiço de Aquila

Quem nunca acordou de madrugada pensando nele ou demorou para dormir pelo mesmo motivo? sabe aquela paixão de anos que não ata nem desata mas que ainda esta ali, em você e nele também, aquele amor que faz tudo ter sentido, que te faz entender porque o Tom e o Jerry brigam, e porque todo apaixonado é ridículo. As vezes você se olha no espelho, tão linda, tão mulher, tão senhora das tuas vontades, e não sabe como um mulherão desses se transforma em uma menininha quando ele te olha e sorri. Cheio de manias, defeitos imperdoáveis, um modo de vida totalmente diferente do seu, mas ainda assim te deixa louca, te faz revisar os teus planos milhares de vezes pra saber se realmente não tem um espacinho na tua vida para ele.
Porque amamos quem não tem nada haver? porque muitas vezes a nossa vida só faz sentido quando a associamos a quela pessoa que não faz sentido nenhum para tudo aquilo que você quer da vida.
Ele sabe como te fazer sorrir, ele sabe quando você está triste, ele só te olha e diz pode chorar e você desaba porque estava engolindo o choro para ele não ver, mas ele sabia disso ainda que você não tenha demonstrado.Vocês se conhecem só pelo olhar, um sabe tanto do outro que as palavras nem são assim tão necessárias, vocês falam a mesma língua, nem a sua nem a dele, mas uma linguagem só de vocês, muito alem do português, inglês, hindi... vocês pertencem um ao outro, e ainda assim por algum motivo não podem estar juntos, e muito menos separados. Quem nunca viveu um amor assim que atire a primeira pedra.

Fica a dica para quem quiser assistir um filme antigo chamado o feitiço de Aquila.


Feliz Aniversário Leen

Este mês em 15 de junho eu estava de aniversário....eu gosto desse dia, sei que isso significa que estou ficando mais velha, mas também vejo esse dia como mais um ano que tudo correu bem, mais um ano que vivi, seja como for, sempre temos mais motivos para agradecer a Deus.
Mas apesar de não ser uma pessoa triste, confesso que aniversário não é a mesma coisa pra mim, não tenho mais pai e nem mãe, isso resume tudo, eu tive uma familia perfeita, nós eramos tão grudados, unidos, complementando um ao outro, filha única, adotada, nunca soube o que era ter um irmão de verdade, cresci com o desejo de ver aquela casa cheia de outras crianças, por anos tive uma obsessão por ter irmãos, era só alguem sorrir pra mim pra eu ja considerar irmão ou irmã, e eu sofria horrores quando eles partiam, meus pais não adotaram mais ninguem, só eu, e me deram todo o amor do mundo, e eles sofriam comigo quando os irmãos que eu escolhi ao longo da vida me deixaram, cada um tem sua vida, niguem se apega a irmão, só quem nunca os teve, me lembro que minhas amigas diziam que eu que era feliz porque não precisava dividir nada, tudo era pra mim, mas e quem disse que eu não queria dividir, eu sempre quis, não me importava em ter os brinquedos mais caros, ou as roupas que eu quissese, eu queria era ter alguem pra chamar de mano, mana, e ter que dividir meu quarto, meus brinquedos, o amor dos meus pais.Eu nunca fui uma criança ciumenta, quando eu trazia um amigo pra casa e meus pais davam muita atenção eu ficava feliz, quando algum primo vinha passar um tempo com agente eu adorava, eu passei toda minha infancia sem saber o que era a palavra ciumes, meu coração era tão grande que cabia todo mundo, e meus pais tinham um amor tão infinito que eu sabia que tinha lugar pra todo mundo no coração deles também.
até hoje eu sinto muito amor,eu amo incansavelmente, incessavelmente incondicionalmente, talvez por isso seja tão fácil me magoar.
Como eu estava falando , sobre meu aniversário......desde que minha mãe se foi eu nunca mais tive um aniversário descente, as pessoas pensam que eu não me importo com essas bobagens, ninguém cantou parabéns pra min esse ano, ninguem foi me visitar, eu tentei fazer uma festinha e todo mundo disse que isso era bobagem, que eu tinha que sair pra jantar fora, coisa que os adultos fazem, por isso eu detesto essa coisa de adulto, sinto tanta falta da minha mãe, depois dela ninguem mais se importou em fazer um bolinho pra mim, sei que o pior sentimento é ter pena da gente mesmo, mas esse ano eu senti pena de mim.
na ultima noite que minha mãe passou em casa, antes dela ir para o hospital e nunca mais voltar, ela me acordou de madrugada, faltava poucos dias para o meu aniversário, e ela disse que queria encomendar muitos docinhos e salgados para o meu aniver, ela estava tão doentinha, eu não entendi porque ela estava falando assim, era só mais um aniversário, e ela disse que eu merecia uma festa bem linda porque eu sempre corria pra fazer festa pra todo mundo nos aniversários e eu não tinha quem fizesse pra mim, mas minha mãezinha estava enganada, eu sempre tive os melhores aniversários do mundo, mas a partir daquele ano eu não teria mais.No dia seguinte minha mãe foi para o hospital e depois de alguns dias foi meu aniversário, e ela não estava comigo, fiquei com ela no hospital e na hora de vir embora ela disse pra mim convidar minha tia para ir na pizzaria comigo, ela disse que não queria que eu ficasse sem comemorar meu aniversário, porque por toda a vida dela eu sempre tive meu bolo, meus parabéns com docinhos e salgadinhos, ela não queria que isso acabasse, eu levei as fotos e videos da noite na pizzaria para o hospital e todo mundo que estava por ali, outros pacientes, familiares, todo mundo viu as fotos, os videos no celular, e foi meu ultimo aniversário com minha mãe.
Um dia eu vou voltar a comemorar meu aniversário, com bolo e doces, um dia vai chegar alguem na minha vida que vai dar importância para isso como minha mãe e meu pai davam.
comemorei meu dia no facebook, com os poucos amigos que eu tenho.... e com uma das pessoas mais importantes que eu tenho, embora do outro lado do mundo,.mas um dia.... Um dia vou fazer a festa que minha mãe queria fazer naquele ano e eu não vou estar mais "sozinha."


Voltando a postar...

Sinto muita falta de postar aqui, puxa esse era o meu cantinho, mas não sei explicar... no começo Helena Leen não era ninguém, era só um pseudônimo para internet, eu podia usar e abusar do meu desejo de escrever, podia viajar nas minhas histórias reais que pareciam ter sido tiradas de um filme indiano, mas agora é diferente, eu me tornei Helena Leen, essa sou eu, e não sei até aonde me sinto preparada para ser julgada, acompanhada, até meus erros de português vão motivo para quem não gosta de mim me apedrejar,coisa chata ter que se preocupar com virgulas nos lugares certos e concordâncias, tudo bem que nem por isso acho bonito assassinar o português, mas também acho uma babaquice a pessoa perder o foto e o entusiasmo tendo que parar de escrever para corrigir o texto. Bom essa não é a questão, o problema é como vou dividir com vocês minha opinião se a maioria já me conhece, puxa não imagino meus vizinhos, parentes lendo coisas que eu só queria com vocês, não queria ter dado um rosto para Leen, preferia continuar postando como "A garota da máscara de ferro."
O mundo não está preparado para minhas idéias, não consigo relaxar, mas ainda assim vou tentar escrever , claro que com uma linguagem mais contida, uma versão mais resumida dos fatos, mas não vou fugir da Raia, enquanto alguem quiser ler o que tenho a dizer vou escrever.